blog

Filtre o conteúdo que deseja ler.

01/12/2020- Mídias Sociais

« Voltar à listagem

O que eu preciso saber antes de usar hashtags nas minhas redes sociais?

Se você anda estudando as melhores estratégias de #SocialMedia e #MarketingDigital para o seu negócio, certamente já caiu em algum artigo sobre a importância de usar hashtags, não é verdade?

A hashtag realmente é um recurso fundamental para a segmentação do seu conteúdo. Afinal, a ferramenta funciona como uma espécie de etiqueta, que agrupa suas publicações dentro de determinados assuntos. Assim, todos que estiverem buscando por aquela temática têm mais chances de encontrarem seus posts. Esse é um excelente caminho para fisgar novos leads em potencial.

Parece promissor, certo? Bem, para toda essa capacidade de conversão e captação de novos clientes se concretizar, é preciso saber como usar hashtags de maneira estratégica.

Hoje, preparamos algumas dicas imperdíveis para você incorporar essa técnica valiosa ao escopo das suas diretrizes de marketing. Confira!

FAÇA UMA PESQUISA PARA ESCOLHER OS MELHORES TERMOS

Hashtags com frases muito longas têm aparência de poluição visual, o que acaba repelindo o usuário. Além disso, é da natureza das redes sociais que as buscas sejam feitas por termos mais curtos e objetivos, com duas ou três palavras, no máximo.

Por isso, é mais sábio escolher uma hashtag mais sucinta, que vá direto ao ponto. A forma mais certeira de fazer esse planejamento é por meio de uma pesquisa de palavras-chave, que irá indicar quais são os assuntos mais pesquisados pelas pessoas dentro do tema da sua publicação, e mais importante: como esses usuários estão digitando o que desejam encontrar.

Quer um exemplo? Olhe para o caso do Coachella, um dos festivais de música mais famosos dos Estados Unidos. Em 2019, a organização do evento optou por se manter simples e adotou a hashtag oficial #Coachella. Contudo, também era possível encontrar comentários sobre os shows nas hashtags #CoachellaFestival, #Coachella2019 e #CoachellaValley, entre muitas outras.

Em um caso semelhante a esse, como decidir qual hashtag adotada pelos internautas é mais valiosa para a sua estratégia? Qual tem maior fluxo de pessoas? E o maior número de publicações (consequentemente, de concorrência)? E a melhor performance no seu país ou cidade?

Existe uma gama de ferramentas diversificadas (e boa parte delas gratuita) para levantar essas informações. Algumas delas são:
Google Trends;
All Hashtags;
Tags Finder;
TopHashtags;
Hashtagify;
Leetags.

Embora todas essas opções disponham de funcionalidades essencialmente parecidas, algumas possuem recursos exclusivos. Cabe experimentar até encontrar a que se encaixe melhor nas necessidades do seu negócio ou mesmo utilizar mais de uma ao mesmo tempo.


PREFIRA POSTAGENS PÚBLICAS

O objetivo da hashtag, como estratégia, é divulgar seu conteúdo e multiplicar a audiência. Portanto, utilizar essas ferramentas em ambientes virtuais privados descaracteriza a estratégia.

Prefira apostar nas hashtags em postagens realizadas diretamente na fanpage da sua empresa, em vez de um grupo fechado no Facebook, por exemplo.


EVITE UTILIZAR UMA PALAVRA POR HASHTAG

Recentemente, a hashtag social #BlackLivesMatter engajou muita gente em plataformas, como Twitter e Instagram. No entanto, uma publicação que escolha a redação #Black #Lives #Matter não teria o efeito desejado. Isso porque, nesses moldes, a postagem seria categorizada em três “etiquetas” diferentes e isoladas, que não possuem relação nenhuma com a mobilização global que realmente era tendência naquele momento.

Quando quiser utilizar uma frase em sua hashtag, nunca separe as palavras. Caso contrário, o resultado será prejudicado.

E aí? Gostou das nossas dicas para engajar ainda mais pessoas em suas postagens? Então, não deixe de conferir o nosso portfólio! Oferecemos uma série de soluções para otimizar o marketing digital do seu negócio.