blog

Filtre o conteúdo que deseja ler.

24/11/2020- SEO

« Voltar à listagem

Google Search Console: como utilizar essa ferramenta a favor do meu negócio?

 

 

Hoje em dia é impossível pensar em um negócio bem sucedido, com altos números de vendas sem uma presença consolidada e maciça no Google. Até porque, ele é o mecanismo de busca mais usado no mundo e também é responsável pelo início de mais de 90% das jornadas de compra, como apontam dados da Sebrae.

Porém, ter seu site indexado e bem ranqueado no Google não é a tarefa mais fácil do mundo. Além da produção constante de conteúdos interessantes, relevantes, completos e otimizados - para serem lidos rapidamente pelos crawlers do Google -, é preciso tomar cuidado com alguns aspectos da própria estrutura do site - detalhes que, muitas vezes, podem passar despercebidos.

Por isso, o Google Search Console é uma ferramenta importantíssima para impulsionar qualquer negócio. Assim, aprender a usá-lo, entendendo melhor seus mecanismos e funcionamentos, é essencial para qualquer gestor e coordenador de Marketing.


PRIMEIROS PASSOS NO GOOGLE SEARCH CONSOLE?

O Search Console é um instrumento gratuito, do próprio Google. Para começar a mexer, é preciso logar na ferramenta, com um Gmail e acessar o painel geral. A partir daí, é necessário “Add a Property” ou - em português - adicionar uma propriedade. Nesse momento, o usuário deve inserir o site que planeja analisar no Search Console.

Tudo bem, mas o que essa ferramenta tem a oferecer de tão especial? Além de condensar diversas informações importantes, essenciais para otimizar seu site e saber quais conteúdos estão funcionando (ou não), é também possível receber diagnósticos de prováveis erros do endereço eletrônico - erros estes que podem afetar diretamente no desempenho nas buscas no Google.

Assim, o usuário pode conferir quais páginas estão indexadas, a posição média das palavras-chave na SERP (como é chamada a página que aparecem os resultados do Google), quantas visitas aquele link recebeu organicamente etc. Isso é necessário para entender quais buscas os seus clientes estão fazendo, o que estão encontrando e como fazer sua página aparecer mais para eles.

Por exemplo, sua loja é especializada em vender smartphones. Por isso, seus conteúdos são otimizados para serem entregues para quem procura por “Smartphone”, “Marca X”, “Marca Y”.

Excelente. Mas o que o Search Console pode apontar é que existem muitas pessoas que chegam ao seu site em busca por termos mais precisos, como “Marca X e Y comparação”. Portanto, produzir conteúdos completos de comparação entre os aparelhos, com a palavra-chave em questão, pode fazer as visitas e, consequentemente as vendas subirem bastante.

Já no que se refere ao diagnóstico e solução de problemas, a ferramenta tem um menu específico no qual aponta tudo que pode estar errado no site, prejudicando, assim, o desempenho na SERP. Desde falta de H2 nos textos até questões relacionadas à segurança podem ser compreendidos por lá.

Portanto, é fácil perceber que sem o auxílio do Google Search Console, é impossível expandir ao máximo o potencial de alcance orgânico de seu site e seu negócio.

Está perdido e não sabe por onde começar? Entre em contato conosco e entenda como podemos ajudá-lo nessa jornada rumo ao topo do Google!