blog

Filtre o conteúdo que deseja ler.

20/09/2019- Marketing Digital

« Voltar à listagem

Funil de vendas: qual a sua importância dentro das empresas?

 

 

As estratégias de marketing e vendas evoluem muito conforme o mercado muda. E Ele está em constante estado de mudanças, porque o público também está.

Segundo um estudo da FGV, o Brasil já tem mais de um smartphone ativo por habitante. Com esse acesso à informação, o comportamento do consumidor muda, por isso, conceitos como a jornada de compras e o funil de vendas também evoluem para acompanhar o público.

Todos esses três conceitos andam em conjunto. O consumidor atual, quando tem um problema ou desejo, imediatamente procura na internet para encontrar a melhor solução ou resposta para o seu caso.

Para qualquer coisa que ele precise comprar, irá procurar na internet informações como o preço e opiniões de outras pessoas que já compraram o produto.

É isso que constrói a sua jornada de compra. De uma maneira geral, existem quatro fases da jornada:

•    Reconhecimento: O cliente reconhece que tem um problema (dor) ou um desejo;

•    Pesquisa: Ele irá pesquisar as melhores soluções para o seu problema;

•    Consideração: É neste momento em que ele avalia as opções para escolher a melhor;

•    Decisão de compra: Após ponderar todas as informações anteriores, ele decide qual será a compra.

Pode existir ainda, uma quinta etapa da jornada, que é o pós-compra, em que ele avalia a marca não somente para ele, mas para outras pessoas, podendo influenciar a jornada de quem está próximo.


PORQUE O FUNIL DE VENDAS É TÃO IMPORTANTE?

O funil de vendas é tão importante por segmentar os leads da sua empresa, de acordo com o seu caminho pela jornada.

Por exemplo, se um cliente está no topo do funil, ele está na fase de reconhecimento ou de pesquisa. Na primeira, ele pode ter encontrado um conteúdo seu que despertou o desejo. Na segunda, ele pode já saber qual é o seu problema, e a sua solução é uma das formas de resolvê-lo.

Já caso ele esteja mais ao fundo no funil, ele irá ter preocupações diferentes, pois está mais pronto de tomar a decisão. Já sabe que a resposta que quer é a sua, por isso, a comunicação com ele deve se adequar ao seu momento.

Um dos lemas do marketing é que a melhor comunicação é feita para a pessoa certa, no momento certo. Conhecer o seu público permite saber quem é a pessoa, enquanto o funil de vendas permite fazer a comunicação do momento certo.

Por isso, a ferramenta incorpora diversas métricas que ajudam a conhecer melhor em que jornada da compra o público está.

Por exemplo, você pode medir qual é o tempo médio que os clientes levam para percorrer o funil, e planejar ações nos momentos críticos de passagem de fases, de modo que eles não fiquem “congestionados” criando o famoso gargalo no processo.

Outra métrica importante envolve a taxa de conversão. Evidentemente, nem todo mundo que está no seu funil irá ser convertido em cliente. Por isso, é preciso estar muito atento à taxa de conversão para manter números positivos. Você pode fazer isso de diversas formas, comparando com a sua própria empresa ou com benchmarks dos líderes do mercado, por exemplo.

O mais importante é reconhecer que cada funil deve ser único, da mesma forma que a jornada do cliente é única para cada tipo de produto. Por isso, é fundamental que você entenda bem o conceito, para poder aplicá-lo no seu negócio.


Se quiser trabalhar melhor o funil de vendas do seu negócio ou produto, fale com quem realmente conhece do assunto, entre em contato com nossos especialistas para que possamos encontrar a solução ideal para você!